No dia 03 de Agosto de 2017, foi publicada pelo Diário Oficial da União a incorporação do TRASTUZUMABE ao Sistema Único de Saúde (SUS), trazendo alegria, esperança e reflexão aos médicos e pacientes.

Este medicamento é indicado no tratamento de mulheres com câncer de mama metastático com HER2 positivo e o prazo máximo para efetivar a oferta ao SUS é de 180 dias, gerando uma estimativa de que esta incorporação evite a morte de 600 mulheres com câncer de mama metastático HER2-positivo a cada dois anos no país.

Segundo a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, este tratamento é considerado a melhor opção para este perfil de pacientes, e já estava disponível no sistema privado de saúde desde 2005, apenas sendo possível a sua incorporação ao Sistema Único de Saúde após longos anos de debates.

Por último, é importante destacar que a incorporação desta medicação ao SUS irá impactar de forma significativa a vida dos pacientes, pois representará um grande avanço na sobrevida daqueles que dele necessitam.

Fonte: http://sboc.org.br/noticias/item/1012-oferta-do-trastuzumabe-no-sus-transformara-a-expectativa-de-vida-de-milhares-de-pacientes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *